Caminhada Quaresmal 2020

Compartilhamento

CAMINHADA QUARESMAL 2020

QUARTA SEMANA: RELAÇÃO COM DEUS

 

1. Acolhida: Boas vindas, saudação aos/dos donos da casa. Dar o sentido: E chegamos a quarta semana e o convite é cuidarmos da nossa relação com Deus. A relação com Deus dá sentido ao nosso nó de relações. A vivência da espiritualidade cristã passa pelo bom cultivo das nossas relações.  Como é a vossa relação com Deus? Pode ser uma pergunta banal, mas é necessário perguntarmo-nos sempre sobre como cultivamos/alimentamos a nossa relação com Deus. 

2. Cântico: à escolha 

3. Introdução: Hoje somos convidados a cuidar da nossa relação com Deus. João aprendeu de Jesus a encostar o coração no coração de Deus; a falar de coração para coração. Toda relação é construída no amor. Sem amor não há relação. Vejamos o que diz São João.

4. Leitura Bíblica: 1 João 4:7-21

“Amados, amemo-nos uns aos outros; porque o amor é de Deus; e qualquer que ama é nascido de Deus e conhece a Deus. Aquele que não ama não conhece a Deus; porque Deus é amor. Nisto se manifestou o amor de Deus para connosco: que Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo, para que por ele vivamos. Nisto está o amor, não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados. Amados, se Deus assim nos amou, também nós devemos amar uns aos outros. Ninguém jamais viu a Deus; se nos amamos uns aos outros, Deus está em nós, e em nós é perfeito o seu amor. Nisto conhecemos que estamos nele, e ele em nós, pois que nos deu do seu Espírito. E vimos, e testificamos que o Pai enviou seu Filho para Salvador do mundo. Qualquer que confessar que Jesus é o Filho de Deus, Deus está nele, e ele em Deus. E nós conhecemos, e cremos no amor que Deus nos tem. Deus é amor; e quem está em amor está em Deus, e Deus nele. Nisto é perfeito o amor para connosco, para que no dia do juízo tenhamos confiança; porque, qual ele é, somos nós também neste mundo. No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor. Nós o amamos a ele porque ele nos amou primeiro. Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? E dele temos este  mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão.”

5. Comentário: “O essencial da vida é a nossa relação com Deus e a relação com Deus nos ajuda a servir os outros”, diz o Papa Francisco.  A vivência do amor de Deus faz-nos viver as nossas relações a partir da gratuidade e do serviço. Deus é amor, e este amor é gratúito, é dom. Não há relação com Deus fora da gratuidade. Arrisco-e a dizer que não há relações fora da gratuidade. Estamos a viver tempos difíceis: uma pandemia nos assola. As relações estão a ser baseadas no medo do outro, no “salve-se quem puder”, no egoísmo de querer abastecer a minha casa sem pensar que o que eu compro de forma exagerada, irá faltar para os outros… Se as nossas relações forem construídas à base da desconfiança e no medo, como iremos experimentar verdadeiramente o amor de Deus que é colocado em prática no bem e no amor ao próximo? 

6. Silêncio/meditação

7. Partilha – o que a Palavra me diz?

8. Compromisso – a quê a Palavra me convida (ação concreta) – escrever na fita

9. Oração da Campanha da Fraternidade

Deus, nosso Pai, fonte da vida e princípio do bem viver, criastes o ser humano e lhe confiastes o mundo como um jardim a ser cultivado com amor.
Dai-nos um coração acolhedor para assumir a vida como dom e compromisso.
Abri nossos olhos para ver as necessidades dos nossos irmãos e irmãs, 
sobretudo dos mais pobres e marginalizados.
Ensinai-nos a sentir verdadeira compaixão expressa no cuidado fraterno, 
próprio de quem reconhece no próximo o rosto do vosso Filho.
Inspirai-nos palavras e ações para sermos construtores de uma nova sociedade, reconciliada no amor.
Dai-nos a graça de vivermos em comunidades eclesiais missionárias, 
que, compadecidas, vejam, se aproximem e cuidem daqueles que sofrem, 
a exemplo de Maria, a Senhora da Conceição Aparecida
e de Santa Dulce dos Pobres, Anjo Bom do Brasil.
Por Jesus, o Filho amado, no Espírito, Senhor que dá a vida. Amém!

10. Pai nosso

11. Cântico: Hino da Campanha da Fraternidade

Veja o que Acontece na Comunidade

Acompanhe nossas redes sociais

Siga-nos pelo Facebook

Siga-nos pelo Instagram

Acompanhe nosso canal no Youtube

MÓDULOS AVANÇADOS - Instituto Eneagrama Shalom

O que estamos preparando para 2016! Você não pode perder! Programe-se!